30 ANOS do CECOIA – A Missa

A MISSA, a manifestação da Congregação e do Conselho

HOMILIA POR OCASIÃO DOS 30 ANOS DO CECOIA

MISSA PELOS 30 ANOS DE FUNDAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO CECOIA – 31/10/2015 – 10 H

 

Prezados Amigos, Irmãos e Irmãs em Cristo; Reverendíssimos Irmãos e Padres de Santa Cruz na pessoa do Reverendíssimo Ir. Nilto e membros da Congregação de Santa Cruz; Revmo Diác. Mário Maróstica;  digníssimos membros do  Conselho e ilustres funcionários do Cecoia; bem como os colaboradores e voluntários de diversas circunstâncias,  crianças e adolescentes que participaram e participam dessa obra sob a intercessão do Santo Irmão André, Ilustríssimos Dirigentes, alunos e funcionários o Colégio Notre Dame; o povo de nossa Paróquia Sant´Ana que aqui se faz presente e de outros lugares vindos para esta singular ocasião…

Textos bíblicos proclamados na ocasião: Eclo 3,19-26 – Salmo 22 – Mt 5,13-19

As leituras desta manhã destacam-nos a consciência dos limites humanos, e a força que vem de Deus para superá-los através da oração  que faz com que se vislumbre um novo horizonte a cada dia. Como é bom saber que Deus conta conosco apesar das imperfeições, mas também porque temos virtudes e coisas boas a oferecer uns aos outros. A fé nos permite sempre acreditar que com Deus um caminho novo se faz.

Ser “sal da terra e luz do mundo” conforme o Evangelho apresenta, expressa exatamente  a graça que em nós habita e porque fomos tocados por ela, Deus espera de nós um testemunho para corresponder ao que Ele permite-nos realizar entre erros e acertos. Assim o fizeram os santos  e santas. Assim o fez o Santo Irmão André. Crendo na força de Deus, na intercessão de São José, se tornou um instrumento para que as pessoas pudessem perceber o amor  e a misericórdia Daquele que quis habitar  a nossa humanidade em Jesus Cristo, o Bom Pastor. De infância humilde e sofrida, se tornou rico da experiência de Deus que o fez religioso e seta que aponta o próprio Senhor.

O padroeiro desta obra que honra nosso Distrito, que honra o território de nossa Paróquia, soube perceber a ternura de Deus revelada no exemplo de São José e da Virgem Mãe das Dores. Atraía  jovens e adultos para que se apoiassem nos pais de Jesus e pudessem assim perceber os sinais de Deus ou pela alegria ou pela dor.

Hoje ao “ acolher o ser humano em sua diversidade, contribuindo para sua formação integral , respeitando  e valorizando o potencial individual , coletivo e social, com ações que levem a socialização dos usuários e de seu grupo familiar, numa perspectiva de educação para a vida, exercício de cidadania e processo de conscientização social, participativo e emancipatório”, como  missão e objetivos do Cecoia, percebe-se a continuidade da vida deste Irmão  que soube enxergar além daquilo que se apresentava como obstáculo e sempre buscou caminhos novos através da oração, da fé e da esperança.

Como São José, que aceitou a missão divina de ser o pai do Filho de Deus na terra, mesmo não sabendo o que viria depois, O Santo Irmão André confiou nos caminhos de Deus e pede também de todos nós tal confiança. Próximos de celebrar o Ano da Misericórdia proposto pelo Papa Francisco, a partir do dia 08 de Dezembro próximo, este santo irmão constitui uma seta para perceber as obras de misericórdia que nos aproximam uns dos outros e consequentemente nos aproximam de Deus.

Portanto, ao comemorarmos 30 anos de uma história de dedicação de tantas pessoas, recordamos também tantos sinais que nos fazem  crer na ação de Deus através dos Irmãos de Santa Cruz e de muitas pessoas entre funcionários e voluntários, benfeitores e colaboradores que de uma forma ou de outra , deixaram sua pequena parcela para fazer frutificar este local, onde se vivenciam valores que parecem estar esquecidos, mas que são necessários para uma convivência baseada na tolerância, na convivência que proporciona o despertar de novas habilidades,  nos ensinamentos de Jesus, no carisma da Congregação de Santa Cruz, fundada por Pe. Moreau.

O sentimento hoje é de gratidão. Agradecemos o caminhar percorrido e a oportunidade de  poder continuar caminhando, contando com a boa vontade dos que hoje continuam a lançar sementes nos corações para que se colha o bem, o direito  e a justiça, a fraternidade. No dizer do cartunista e poeta Henfil: “…Se não houver folhas nem frutos, valeu a intenção da semente”. Que esta obra continue a semear para continuar “formando com amor.” Atualizando a jaculatória que o Santo Irmão André sempre rezava, podemos dizer: “Jesus, Maria e José, o Cecóia vosso é!”   Viva os 30 anos do Cecóia! Viva Santo Irmão André! Viva a Congregação de Santa Cruz!

Pe. Paulo Emiliano – Paróquia Sant´Ana – Sousas – Campinas/SP

Algumas fotos obtidas pelos celulares…

IMG_7014 IMG_7016 IMG_7017 IMG_7019 IMG_7020 IMG_7021 IMG_7026 IMG_7027 IMG_7077 IMG_7079IMG_4204IMG_4201

IMG_4201IMG_4198

 

A manifestação do Ir. Nilto:

Após a Santa Missa foram proferidas as palavras do Superior Geral da Sociedade dos Irmãos da Congregação de Santa Cruz, Ir Nilto Neres Oliveira, que cumprimentou de modo efusivo a todos, e destacou a presença dos membros da Equipe fundadora da Obra Social – CECOIA, elogiando-os pela iniciativa, “garra”, competência e perseverança. E, que, a presença deles implicava dizer que o sangue do Cecoia corre em suas veias, e que o sonho deles deixou de ser apenas sonho e transformou-se em realidade, e que hoje produz muitos e bons frutos.

 

O Conselho do CECOIA:

O Conselho Administrativo e Consultivo do CECOIA expressa sua gratidão aos idealizadores dessa importante Obra Social, à persistência da Sociedade dos Irmãos para mantê-la para a Comunidade.

E, aos presentes às cerimônias, deixa um abraço de admiração, bastante fraterno, extensivo, evidentemente àqueles que não compareceram, pois, evidentemente deveriam ter seus afazeres inadiáveis.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *