O programa

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

O CECOIA é um Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, dispositivo da Proteção Social Básica, que atende 180 crianças de 06 à 14 anos e 11 meses.

Oferecemos oficinas e atividades em diferentes áreas para as crianças, adolescentes e também para a comunidade. As atividades desenvolvidas pretendem, entre outros objetivos, fortalecer a função protetiva da família, bem como os vínculos sociais, buscando apresentar meios para que os atendidos e atendidas possam enfrentar vulnerabilidades relacionais.

A atuação com o público de 06 à 14 anos e 11 meses, de acordo com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate a Fome (BRASIL, 2014) tem por foco a constituição de espaço de convivência, formação para a participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo e da autonomia das crianças e adolescentes, a partir dos interesses, demandas e potencialidades dessa faixa etária. As intervenções são pautadas em experiências lúdicas, culturais e esportivas como formas de expressão, interação, aprendizagem, sociabilidade e proteção social.

As atividades são realizadas durante a semana, no período das 7h às 17h.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE 6 À 14 ANOS E 11 MESES:

– Complementar as ações da família e comunidade na proteção e desenvolvimento de crianças e adolescentes e no fortalecimento dos vínculos familiares e sociais;

– Assegurar espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo;

– Possibilitar a ampliação do universo informacional, artístico e cultural das crianças e adolescentes, bem como estimular o desenvolvimento de potencialidades, habilidades, talentos e propiciar sua formação cidadã;

– Estimular a participação na vida pública do território e desenvolver competências para a compreensão crítica da realidade social e do mundo contemporâneo;

– Contribuir para a inserção, reinserção e permanência do jovem no sistema educacional.

 

IMPACTO SOCIAL ESPERADO:

Contribuir para:

– Redução das ocorrências de situações de vulnerabilidade social;

– Prevenção da ocorrência de riscos sociais, seu agravamento ou reincidência;

– Aumento de acessos a serviços socioassistenciais e setoriais;

– Ampliação do acesso aos direitos socioassistenciais;

– Melhoria da qualidade de vida dos usuários e suas famílias;

– Aumento no número de jovens que conheçam as instâncias de denúncia e recurso em casos de violação de seus direitos;

– Aumento no número de jovens autônomos e participantes na vida familiar e comunitária, com plena informação sobre seus direitos e deveres;

– Reduzir, junto a outras políticas públicas, índices de: violência entre os jovens; uso/abuso de drogas; doenças sexualmente transmissíveis e gravidez precoce;

– Melhoria da condição de sociabilidade de idosos;

– Redução e Prevenção de situações de isolamento social e de institucionalização.